<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

COH

sábado, outubro 11, 2008

Continuo a achar muito estranho que não liguem patavina aos sinais que aqui vou colocando e que dão conta da forma como parte do povo está a lidar com o semi pânico financeiro. Então eu vou explicar mais uma vez, que é para quando isto desabar de uma vez por todas, não me acusarem de não ter alertado para estas coisas tão simples. Atenção por isso ao próximo parágrafo.

Não tenho feito outra coisa senão ir ao banco buscar moedas. Pela primeira vez entrei em pânico profundo, ao constatar que não me sobravam moedas de 50 cêntimos nem de 1 euro. Ou seja, bastavam 3 records serem pagos com uma nota de 5 euros para me arruinarem o stock de moedas corrente. Só um milagre me impediu ter que abandonar a loja, pois a senhora minha mãe andava perto. Portanto, sinal nº1: as pessoas estão cheias de notas na carteira e cheias de moedas em casa. Não é preciso dizer mais nada, pois não? O próximo parágrafo também é capaz de ser giro.

Os diários económicos estão a vender que nem loucos. Há pessoal a levar a Maria e o Jornal de Negócios. A TV Guia e o Diário Económico. Não digo mais nada, que eu não tenho feito outra coisa senão observar fenómenos comportamentais extremamente importantes para o desenrolar da crise. E ir ao banco buscar moedas.

E tenho 212 posts para ler no google reader. Que chatice. Para a semana também não vou andar por aqui porque vou estar muito ocupado a observar o comportamento da COH.
posted by ardinario, 10/11/2008 10:56:00 da manhã

2 Comments:

Ardinário,
só hoje é que soube por mero acaso que voltaste.
já tens mais um leitor diário. Mesmo que não comente, todos os dias virei aqui.
Quanto ao tema: nunca a economia financeira foi um tema tão global. Assim como falamos de futebol e de mulheres, temos agora de falar de euribor, especulação, petróleo, cereais, chulos e ladrões. Sim, porque é de economia financeira que estamos a falar, certo?
Welcome back, Filipe.
Sinceramente não sei bem do que estou a falar, mas parece-me importante.

Add a comment