<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Round 3

sábado, setembro 30, 2006

Escapei momentaneamente da azáfama de hoje para dar conta do resultado do derby mais escaldante deste Sábado:

Expresso-62 Sol-36

Contas, notícias, comentários e novidades de 6ª feira, Sábado e Domingo serão colocadas amanhã ou depois.
posted by ardinario, 9/30/2006 10:50:00 da tarde | link | 1 ardinarices |

Dia 18

sexta-feira, setembro 29, 2006

Para 5ª feira de final de mês, posso dizer que foi um dia bom. Apesar da caixa apresentar 617,93€, as vendas de jornais e revistas foram óptimas. Aliás, face às notícias de hoje, que confirmam a queda da venda de jornais diários, continuo convencido que tenho mesmo de fazer uma grande aposta nas revistas. E isso passa por aumentar o espaço de exposição, que pretendo resolver a curto prazo, contando ao mesmo tempo com as vossas dicas.

Image Hosted by ImageShack.us

No saldo, destaco a alta factura da Chupista, referente essencialmente a vendas do passado mês de Agosto. Para a semana, e agora que praticamente já conclui as sobras da Asco desta semana, prevê-se uma alta factura desta distribuidora.

Image Hosted by ImageShack.us

Quanto aos semanários de amanhã, não houve distribuição antecipada de qualquer suplemento do Expresso, pelo que se mantém a incógnita de quantos vou receber. Sol serão 50.

Hoje, 6ª feira, da parte da manhã... uiiiii... chegou tanta publicação que só às 10:30 consegui começar a fazer as reservas dos jornais para os habituais clientes. Além da surpresa que o Publico reservou: enviar os suplementos (3) separados do jornal. Para eles, o meu obrigado :)

Vendas das 3 revistas semanais:

Image Hosted by ImageShack.us

Confirma-se a subida da Sábado, face aos livros distribuidos gratuitamente. E se calhar não será a única razão. Hoje mesmo um habitual cliente da Visão decidiu passar a comprar a Sábado, argumentando que a qualidade da Visão decresceu imenso. Já ontem se fez notar a diferença (ainda maior) nas vendas destas 2 revistas. A Sábado já esgotou.

No fim-de-semana vou estar ocupadíssimo, pelo que não se prometem posts neste período.
posted by ardinario, 9/29/2006 05:22:00 da tarde | link | 4 ardinarices |

Woo!

Um visitante deste blog, Woo, colocou-me uma série de perguntas pertinentes que achei por bem colocar aqui, pois as respostas acabam por revelar mais algumas informações importantes para um melhor conhecimento do quiosque.

1-O quiosque tem concorrentes na zona?
2-Pra além do Blogue, quais são os aspectos diferenciadores do Vosso quiosque? I.e. o que me fará ir ao Vosso comprar o Jornal e não ir a outro?


1-Sim, num raio de 500 metros existem mais 3 ou 4
2-Os meus clientes não sabem da existência deste blogue, nem pretendo dar-lhes isso a conhecer. Já pensei em fazer um blogue, com conhecimento dos clientes, com as novidades diárias, mas o público alvo seria muito reduzido. Talvez o venha a fazer em papel...
Se eu fosse cliente, iria comprar o jornal a um quiosque que estivesse próximo e onde fosse bem atendido. Um quiosque não tem o tipo de de produto em que uma pessoa pense "ora bem, estou a precisar de ler um jornal. Onde tem os melhores jornais ou os que têm melhor qualidade/preço?". Não. Os quiosques têm todos a mesma coisa, e com igual qualidade e preço.
Para além disso, existe muito a compra por impulso, pelo que o factor exposição de jornais/revistas, etc... é muito importante. E isso tem vindo a ser substancialmente melhorado neste quiosque.

Pois bem, pelo que me diz, essencialmente o importante é que na sua rua passem mais pessoas do que na rua dos quiosques adjacentes. Quantas pessos passam em média, por dia no seu quiosque? e quais as horas de pico de passagem? E quais as horas de maior venda?
Por seu lado, o chamariz é a montra...o que me parece evidente.
Mas ficamo-nos por aí no que respeita à diferenciação? E a gama de produtos? Não falou nela, mas parece ser importante. Caso contrário, o Expresso (por exemplo) nao colocaria o DVD nas suas últimas edições.
Um atractivo extra para os seus clientes, procurando a diferenciação relativamente a outros jornais.
Um quiosque pode ter, por exemplo, uma máquina de café como os que existem nas bombas de gasolina?
O Vosso quiosque faz entregas de jornais/revistas a empresas ou cafés da zona?
Tem xarutos, cigarrilhas, e outros que tais?
Tem Gelados?


Sim, penso que a localização do quiosque (e na grande parte das lojas) é talvez o factor mais importante para o sucesso do negócio. Quanto a isso, não me posso queixar muito, embora haja concorrência mais bem localizada. Sinceramente não lhe consigo dizer quantas pessoas passam em média no quiosque. Consigo informá-lo sim, que se fazem entre 250 e 300 vendas por dia, podendo não corresponder estas ao número de pessoas que param para comprar algo (um cliente pode comprar 1 jornal e um maço de cigarros p.e. - são 2 vendas e 1 pessoa). As horas de pico de passagem serão talvez as 9.00/9.30 e as 12.30/13.00. As horas de maior venda serão entre as 9 e as 11.
A maior diferenciação serão talvez as fotocópias e a vasta oferta de cartões telefónicos (publico alvo - estrangeiros residentes).
Gama de produtos: jornais, revistas, colecções, pastilhas, tabaco (+ tabaco de enrolar e cigarrilhas), mortalhas, gelados, cartões telefónicos, payshop (carregamento de tlm e pagamento de contas), lotarias, fotocópias, cds, chocolates (no inverno).
A máquina de café é uma hipótese que tenho vindo a considerar, assim como uma máquina de frutos secos e afins. O problema é a falta de espaço. Assim que tiver os novos toldos, deverei avançar para pelo menos uma das situações.
Fornecemos jornais diariamente para 1 café (existem 3 na zona), 1 barbearia e um banco.

1-Quanto à distribuição que o seu quiosque faz na zona...parece-me pouco, sendo uma zona central. Não se esqueça que se tiver uma carteira de clientes próximos e regulares na zona poderá incrementar as suas vendas (opinião de leigo).
Exemplo/questão:
SSuponhamos que consegue na sua zona um conjunto de 20 clientes a quem entrega diáriamente um determinado Jornal.
a) Tem tempo e/ou recursos para fazer essas entregas?
b) Os clientes que hoje pedem um Diário poderão vir a solicitar um semanário, uma revista, etc..?
c) Esses clientes poderão à posteriori solicitar determinados títulos façam ofertas temporais?
d) Poderão esses clientes solicitar "por arrasto" algumas colecções que surjam?
e) Quanto é que poderá vir a ganhar com isso?
2- Voltando aos clientes. Em que tipo de zona se "encaixa" o seu quiosque? Comercial? De negócios? Investidores? Serviços?
Pelo que vejo das vendas, parece-me que a sua clientela se enquadra mais no grupo dos Serviços (como bancários/finanças/tribunal) e que é um quiosque frequentado por um grupo de clientes com formação média/superior.
Por outro lado, deverá também ter pelo menos perto de metade dos clientes com idades superiores a 50 anos (o que lhe levantará dificuldades ao vender pastilhas elásticas).
Acredito mesmo que terá clientes de charutos e cigarrilhas (que não sei se vende).
Também me parece que terá acentuadamente mais clientes masculinos do que femininos.
Pergunto (e sugiro), o seu segmento de clientes pode ou não ter interesse na economia, em títulos económicos sejam jornais ou revistas?
Já pensou fazer uma semana temática da economia para testar os seus clientes? Como? Destacando todas as publicações que estejam ligadas a aspectos económicos que normalmente apresentam títulos como “ As melhores acções”, “os melhores investimentos” etc..etc..?
Arrisco-me a sugerir o destaque, por exemplo, das melhores acções da semana e das piores…enfim, fica a ideia, e se achar interessante, explore-a, porque imaginação e informação, parece-me que não lhe falta.


1.Esta é fácil. De potenciais clientes da zona (essencialmente comercial), já corri tudo. Ou de momento não estão interessados, ou nunca estarão, ou eram fornecidos pela concorrência
2.Gostei da análise. Não é fácil, com ainda tão poucos dados...
1ºZona comercial com alguns bancos
2ºA clientela varia muito. Do arrumador ao quadro superior, tenho de tudo um pouco. Todos contribuem para o bolo final, mas sem dúvida que alguns "dão" mais à casa que outros. Estou a falar daquele tipo de cliente que, por exemplo, não perde uma colecção lançada pelo Publico. Formação superior.
3ºConfirmo, quase metade dos clientes acima dos 50
4ºNão vendo charutos. Cigarrilhas sim, mas poucas. Penso que seja um produto com necessidade de exposição para o exterior, coisa que de momento está esgotada, mas que a curto prazo será preenchida. Ocupar com quê? Charutos e cigarrilhas poderá ser uma das apostas.
Quanto ao género... sinceramente não lhe sei dizer ao certo, mas mais feminino que masculino. Aí uns 60%/40%
5ºGostei da sugestão, e tenho um espaço óptimo para a concretizar. Tenho que pensar bem em que temática apostar... Mas é algo que vou experimentar brevemente, com certeza!

Aproveito para deixar o link para o seu blogue, bem interessante por sinal.
posted by ardinario, 9/29/2006 04:42:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

Venda de rosas - semana 2

quinta-feira, setembro 28, 2006

Image Hosted by ImageShack.us

A partir do final do próximo mês já podemos confirmar com algum grau de certeza se a queda de vendas resgistada esta semana se justifica com o facto de estarmos no... final do mês.
posted by ardinario, 9/28/2006 10:45:00 da tarde | link | 6 ardinarices |

Dia 17

À semelhança da passada 4ª feira, ontem foi também um óptimo dia. Para isso contribuiu o facto de ser dia de Lucky Luke ( 7 reservas) e por ter passado pelo quiosque uma cliente que levou uns Noddys que tinha reservado já há algum tempo.

Image Hosted by ImageShack.us

Foi necessário ir aos CTT buscar selos e envelopes de correio azul. Compras nos CTT dá uns míseros 5% de lucro - uma miséria, tendo em conta que de vez em quando lá se rasga um ou outro selo.

Saldo de 1.410€, em comparação com os 1.039€ de há uma semana atrás.

Image Hosted by ImageShack.us

As reservas para o Expresso continuam a aumentar de dia para dia - já devo ter perto de 60, e na semana passada apenas recebi 67!! Telefonei novamente para o número azul (ou verde) do Expresso, e novamente explicaram-me que não vão aumentar o número de edições - 200.000 - para esta semana. Tentei argumentar que se me mandarem 100 jornais, eu vendo os 100, mas responderam que iria ser difícil aumentarem as remessas para todos os clientes.
Para o Sol, já há alguns aderentes fixos(cerca de 10). Segundo informava o DN de hoje, o Expresso informou que esgotou no país os 200.000 exemplares colocados à venda. Quanto ao Sol, colocou 210.000, mas desconhece-se como foram as vendas.

Amanhã, 6ª feira, vai ser uma abertura complicada. Colecção de copos + colecção nova do Publico com DVDs da Marlyn Monroe, para além da confusão habitual que se instala neste dia - semanários, sacos, papel extra em edições de fim-de-semana, sobras para fazer...
Pois, não sei se já perceberam, mas isto dá um certo trabalho. Mas quem corre por gosto não cansa. Só precisava mesmo... era de mais 4 metros quadrados.
posted by ardinario, 9/28/2006 04:59:00 da tarde | link | 2 ardinarices |

Dias 15 e 16

quarta-feira, setembro 27, 2006

De regresso às contas, após pausa para liga dos campeões, tivémos uma 2ª feira "assim-assim" e uma 3ª feira bem simpática. Curiosamente, na semana passada, tinha-se passado o contrário.

Image Hosted by ImageShack.us

O saldo está assim:

Image Hosted by ImageShack.us

... + 200€ que a semana passada.

Aproxima-se o final do mês, pelo que as caixas têm tendência para diminuir.
Futuramente colocarei um post com a as oscilações ao longo do mês. Penso que dará um gráfico interessante. Conto ainda fazer a oscilação de vendas ao longo de cada dia de uma determinada semana, que permitirá analisar as horas de mais movimento, que produtos saem e quando, entre outras coisas... (vai dar uma trabalheira!)
Lá mais para a frente vou colocar um esquiço do quiosque, para análise de montras. O que se deve mostrar, e onde? Conto com feedback da vossa parte.
São pormenores que me vou lembrando, e que bem analisados podem ajudar a melhorar as vendas. Se se lembrarem de mais alguma coisa, chutem!

Entretanto foram lançadas mais duas colecção com o Publico - "Portugal como Problema" (6 volumes, 12€ cada), com 4 vendas até agora e "Enciclopédia de Lugares Mágicos de Portugal", a 9,90€, com 2 vendas até agora.

Brevemente faço um post com as colecções correntes e o número de coleccionadores de cada uma.

E assim que arranjar mais um tempinho extra... uma história de um gamanço que sofri.
posted by ardinario, 9/27/2006 02:21:00 da tarde | link | 3 ardinarices |

A razão do sucesso do 24 Horas?

segunda-feira, setembro 25, 2006

Image Hosted by ImageShack.us

Retirado do suplemento da Visão, "O Estado da Educação". Recomendo vivamente.
posted by ardinario, 9/25/2006 08:06:00 da tarde | link | 9 ardinarices |

Ranking jornais diários

Image Hosted by ImageShack.us

Decréscimo na venda de jornais. Apenas CM, Publico e 24 Horas venderam mais que a semana passada.
Recordo que optei por fazer o cálculo das vendas e lucros consoante o preço médio dos jornais durante a semana.

Nota: amanhã à tarde estarei ausente, pelo que as contas de hoje, 2ª feira, serão colocadas apenas na 4ª feira. Ou, se tiver tempo, hoje à noite. Certo é não haver postas amanhã.
posted by ardinario, 9/25/2006 04:17:00 da tarde | link | 43 ardinarices |

Dia 14

Domingo chuvoso. Longe vão os bons Domingos de Agosto, com sol e caixa a condizer. Mas não me posso queixar. No Inverno as caixas não deverão chegar aos 300€.
Final da 1ª semana do "big brother no quiosque", com um lucro estimado de 586,22€ para uma facturação de 4.557,28€.

Image Hosted by ImageShack.us

Total da semana 1:

Image Hosted by ImageShack.us

Em comparação com igual período de 2005, na mesma altura:

Image Hosted by ImageShack.us

Que conclusões se podem tirar, com 1 ano de diferença? Comentem.

Saldo no final da semana 1:

Image Hosted by ImageShack.us
posted by ardinario, 9/25/2006 02:56:00 da tarde | link | 2 ardinarices |

O mais original

domingo, setembro 24, 2006

Sol, 22 de Setembro:

Image Hosted by ImageShack.us
posted by ardinario, 9/24/2006 07:46:00 da tarde | link | 8 ardinarices |

Dia 13

O melhor dia da semana tinha que ser um Sábado...

Image Hosted by ImageShack.us

50% dos lucros vieram dos jornais.

Image Hosted by ImageShack.us

Falta o Domingo para colocar a positivo :)

Sábado foi um dia bom. Chegámos por volta das 7.45 e às 9 em ponto tinhamos Expresso, Sol e reservas feitas.
Ao meio-dia acabaram-se os 67 Expressos. Possivelmente teria vendido perto de 90, se os tivesse... É revoltante ter clientela e não poder vender. É assim a Asco...
O Sol acabou por volta das 4 da tarde. Venderam-se 44, e provavelmente teria vendido perto de 50.
Tal como previ, vitória do Expresso 67-44. E para a semana suponho que a vitória seja por números superiores. Há ainda muita gente a comprar o Sol "para ver se gosta" e alguns acabarão por desistir. Por isso penso que as vendas nunca ultrapassarão as 50. Se bem que pelo menos no próximo Sábado vou continuar a dedicar um expositor só para o Sol.

Da parte da tarde concluiram-se as sobras.
posted by ardinario, 9/24/2006 04:41:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

Dia 12

sábado, setembro 23, 2006

Uma 6ª feira... nem boa, nem má. Comparando com os outros dias da semana, e tirando o sábado, a 6ª feira costuma ser o melhor dia: véspera de fim-de-semana e jornais diários mais caros. Tal não aconteceu. A 2ª (devido ao tabaco) e a 4ª foram dias de melhores lucros. Comparando com o mês de Junho, esta foi uma 6ª feira normal em termos de vendas.

Image Hosted by ImageShack.us

À 6ª paga-se à Asco e a um outro fornecedor de tabaco, pelo que o resumo das contas entra finalmente em negativo. Uma nota: o alto valor da factura da Asco deve-se essencialmente a vendas efectuadas durante o mês de Agosto. O mês de Setembro é assim mesmo: paga-se, e bem, as óptimas vendas de Agosto, pelo que não será de estranhar se chegarmos ao fim com do mês com prejuízo. Nada que o Agosto não tenha já pago ;)

Image Hosted by ImageShack.us

Agora no fim-de-semana e na 2ª feira é para recuperar e sair do vermelho.

Foi um dia agitado, como o são sempre as 6ªs feiras. Começam a chegar os suplementos do Expresso, chegam alguns semanários, suplementos de diários, etc... O fornecedor de tabaco também me chateia logo de manhã, pelo que os 6 metros quadrado se transformam numa verdadeira tenda de ciganos logo pelas 8:30 da manhã. Só lá para as 11 as coisas acalmaram, e foi possível iniciar as sobras da Asco. Deixam-se as dúvidas das sobras para Sábado.

Dos 75 Expressos que pedi, vou receber 67. A distribuidora é a Asco.
Dos 40 Sol que pedi, vou receber 44. A distribuidora é a Chupista.

Amanhã posto os resultados do 2º round dos 2 principais semanários. Espero um 67-44.
posted by ardinario, 9/23/2006 05:37:00 da tarde | link | 2 ardinarices |

Dia 11

quinta-feira, setembro 21, 2006

Apesar da forte chuva matinal, altamente prejudicial ao negócio, a caixa não foi má de todo.

Image Hosted by ImageShack.us

Dia em que se pagou à Chupista...

Image Hosted by ImageShack.us

Amanhã vai doer com 2 facturas grandinhas... Além de que a abertura do quiosque à 6ª feira é um caos. E estou com uma dor de costas terrível.
Mas espera-se uma caixa forte, tipo tio patinhas.

(Dá-me a sensação que estou aqui a falar para o boneco. Amanhã começo a postar gaijas nuas)

Vendas de Visão, Focus e Sábado.

Image Hosted by ImageShack.us

O director da revista Sábado gaba-se hoje no editorial de ter esgotado nas bancas todos os exemplares da semana passada (oferta de 1 livro). Mente.
posted by ardinario, 9/21/2006 10:00:00 da tarde | link | 13 ardinarices |

Dia 10

quarta-feira, setembro 20, 2006

Depois da tempestade de ontem, a bonança.

Image Hosted by ImageShack.us

Compraram-se cartões telefónicos, pelo que o resumo do mês passa a ser:

Image Hosted by ImageShack.us

A empresa de toldos esteve no quiosque a tirar medidas. Falta agora pedir a autorização à câmara municipal e já está.

Amanhã prevê-se chuva. Vai ser mau.
Conto colocar brevemente mais umas tabelas de vendas de revistas. Desta vez da Sábado, Visão e Focus.
posted by ardinario, 9/20/2006 09:44:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

Dia 9

terça-feira, setembro 19, 2006

Mau. Foi um dia mau. Acabou o Verão :(
Apesar de ser 3ª feira, por defeito o pior dia da semana (a par com a 4ª feira), ficou muito abaixo das minhas expectativas.

Image Hosted by ImageShack.us

Pagou-se tabaco ao fornecedor, pelo que temos...

Image Hosted by ImageShack.us

A boa notícia de hoje (diria mesmo excelente!) foi a confirmação da colocação de novos toldos no quiosque por parte de um jornal diário de referência.
posted by ardinario, 9/19/2006 09:09:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

Noticias dos media

O DN de hoje publica um estudo sobre as vendas das denominadas revistas semanais de sociedade (vulgo imprensa cor-de-rosa). A comparação com o quiosque, embora limitada pela escassez de dados, é a seguinte:

Image Hosted by ImageShack.us

O mesmo jornal dá conta que o Sol esgotou os 130.000 exemplares em banca, e o Expresso diz ter vendido todos os 200.000 exemplares, pela primeira vez desde que foi lançado há 33 anos.

Ainda no DN:
O motor de busca Google foi condenado a tirar do seu site Google News artigos, fotos e gráficos pertencentes aos editores belgas de imprensa diária francófona e germânica. Se não cumprir terá de pagar um milhão de euros por dia e 500 mil se não publicar esta esta sentença.
posted by ardinario, 9/19/2006 03:40:00 da tarde | link | 1 ardinarices |

Dia 8

segunda-feira, setembro 18, 2006

Está aberto o Big Brother do Quiosque!

Caixa nº1:

Image Hosted by ImageShack.us

Da esquerda para a direita: Jornais, Revistas, Revistas com 21% de IVA (colecções, alguns produtos associados a jornais e revistas, dvds, cds, artigos pornográficos,etc...), pastilhas e derivados, tabaco, selos e lotarias, credifones e papelaria.

De cima para baixo: vendas brutas, % de vendas de cada tipo de artigo, lucros e % de distribuição de lucros (não confundir com margem de lucro de artigo).

Não foi nada mau para uma 2ª feira. Sinceramente espera que hoje já se fizesse notar a quebra de quinzena. A ver vamos como corre o resto da semana...

E o ponto da situação é, obviamente, este:

Image Hosted by ImageShack.us

Como tinha prometido, segue-se o ranking de vendas das revistas femininas, que não são tão femininas quanto isso, a avaliar barba pelos compradores :)

Image Hosted by ImageShack.us

A TV 7 Dias é mesmo um caso de sucesso, a Maria esteve abaixo das expectativas e a Ana tem vindo a surpreender.

Hoje, pelo quiosque, não se passou grande coisa, salvo algumas discussões em torno do resultado do Sporting :)
Tentei aumentar o número de Expressos de 62 para 75, mas do outro lado comunicaram-me que as remessas para o jornal se iam manter as mesmas, mas que iriam tentar satisfazer o meu pedido. Quanto ao Sol, pedi 40. Não acredito que haja a mesma corrida que para o nº1, além de que até agora ainda só tenho 3 reservas.
posted by ardinario, 9/18/2006 09:29:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

O futuro dos jornais

O suplemento Dia D, do Publico de 6ª feira passada , traz um artigo interessantíssimo sobre o estado actual dos jornais portugueses e o seu futuro.

Image Hosted by ImageShack.us

A razão para o descréscimo das vendas deve-se a um conjunto de factores:

-Quebra da natalidade, o que implica a ausência de reposição de leitores, que são pessoas cada vez mais velhas;
-Internet;
-Aparecimento de jornais gratuitos;
-Mudança nos hábitos de leitura (há cada vez menos jovens a ler em papel).

O que faz com que...

Image Hosted by ImageShack.us

No mesmo suplemento, Gustavo Cardoso, presidente do Observatório da Comunicação (Obercom), empresta-nos algumas ideias:

[...a venda de produtos associados] é uma das soluções do modelo de negócio do jornal.

Se as universidades têm menos alunos, é natural que os jornais tenham menos leitores.

O jornal vai buscar dinheiro sobretudo à publicidade. A menor fatia é a do pagamento em banca. A publicidade só vale em função do número de pessoas a que se chega. Essa é a regra.

[Os jornais de referência deviam ponderar a hipótese de passarem as gratuitos?] A questão é saber se, sendo gratuito, haverá mais gente a ler e logo mais publicidade, compensando retirar o preço. O certo é que, quando se dá esse passo, não há retorno. [...] Todas as empresas estão a colocar o cenário em cima da mesa.

[Sobre o surgimento do Sol] Se só existe um semanário, então faz sentido haver outro. [...] O Expresso, além de ser um jornal, é também um modo de estar ao fim-de-semana. Mas tem sido o único...
posted by ardinario, 9/18/2006 04:11:00 da tarde | link | 4 ardinarices |

Dia 7

domingo, setembro 17, 2006

Como disse ontem, hoje foi a minha folga, pelo que apenas passei pelo quiosque para levar um Expresso extra para um cliente habitual e ver como estavam a correr as coisas com o Olegário. Tudo ok, excepto a distribuição do Record que se atrasou e só chegou por volta das 10:30.
Geralmente, Domingo é um dia calmo, onde se vendem principalmente jornais. Da parte da tarde fecha-se o tasco, que o movimento na zona assim o dita.

Aqui estão os primeiros resultados oficiais das vendas de jornais diários da semana que passou:

Image Hosted by ImageShack.us

Em 1º lugar o Record, com 27,6 jornais por dia. O meu destaque vai para a Bola, que geralmente não vende tanto, mas penso que se deva ao facto de nesta altura contarmos ainda com alguns turistas. Optei por calcular as vendas e o lucro consoante o preço médio de cada jornal, pois esse variam ao fim-de-semana.

Amanhã posto os resultados das vendas das revistas femininas e, ao final do dia, espero colocar as contas do dia. Começa amanhã o "Big Brother de um quiosque" :)
posted by ardinario, 9/17/2006 05:25:00 da tarde | link | 5 ardinarices |

E ao 6º dia o Sol brilhou

sábado, setembro 16, 2006

Sábado é o único dia em que o Olegário me acompanha na abertura do estabelecimento. Tal como combinado na véspera, abrimos às 7:30. Sabemos que podemos estar descansados até às 8, a não ser que surja um madrugador a exigir de rompante o Record, o Correio da Manhã, o Jornal de Notícias, a Maria e a fotocópia do bilhete de identidade.
Primeira boa notícia: o Correio da Manhã de sábado vem renovado e com os respectivos suplementos dentro do jornal.
Primeira má notícia: Faltam 2 cadernos principais do Expresso.
A primeira tarefa é ordenar o Sol. Coisa rápida. O Olegário encarrega-se de marcar as 23 reservas do mesmo. Depois de expor os diários, dedico-me ao Expresso. Distribuo os suplementos pela mesa e começo a dar cabo dele. Infelizmente o suplemento de Golfe e o Caderno Especial Regresso às Aulas atrasam a coisa a uma média de 3 segundos por pacote. Além disso, o maço cabe à justa no saco de plástico. O processo faz-se a 15 segundos por Expresso, bem longe dos 11 segundos nos Expressos mais leves de Inverno :)
Às 9 horas em ponto está tudo em ordem. Por esta altura já só restam 5 Sol. Meto-me à estrada e recolho 10 exemplares à concorrência. Não foi fácil. A maior parte já não tinha nenhum disponível.
Às 10 horas acabam-se os 33 Sol + os 10 extra. Até à hora que escrevo, poderia ter vendido cerca de 80, se os tivesse...
Às 11, acabam-se os 62 Expresso ( e não 63, como tinha informado ontem) , mesmo aqueles que estavam incompletos! (O tal milagre do DVD...) Até à hora que escrevo, poderia ter vendido cerca de 80, se os tivesse...
Para já, no 1º round, empate técnico. Mas o número 1 do Sol pode ser enganador. A verdadeira batalha começa para a semana.
De resto, aproveito para dizer que Sábado é o dia mais lucrativo do quiosque. Os diários são mais caros, há mais disposição para comprar, há mais tempo para ler, há o Expresso e agora o Sol, há a Maria, a Telenovelas e a Nova Gente. Fossem todos os dias assim...
Amanhã folgo. O quiosque abre da parte da manhã, pelas mãos do Olegário.

E a partir de 2ª feira, todas as contas diárias do quiosque! Quanto foi a caixa? Quanto se paga aos fornecedores? Qual o saldo actual? Quanto recebe o Olegário? Quanto tira o Ardinário? Quanto se paga de impostos? Quais as despesas correntes? O que se pode mudar?
Leiam, comentem, analisem e sugiram.
posted by ardinario, 9/16/2006 04:41:00 da tarde | link | 20 ardinarices |

Dia 5

sexta-feira, setembro 15, 2006

O que se passa hoje no quiosque

Precisamente porque hoje é 6ª feira, não tive disponibilidade para recolher novidades e destaques. Nem é, aliás, o propósito deste blog.
6ª feira é sem dúvida o dia da semana mais atarefado. De manhã há que "desenterrar" das caixas o Courrier Internacional, a Lux, a Mulher Moderna, o Tal e Qual, o Semanário Económico, a Hola, o ucraniano Maiak, o Benfica, todos os diários e os suplementos do Correio da Manhã, do 24 Horas, do DN, do JN, do Publico, isto sem falar das variadas ofertas destes mesmos jornais e de um ou outro suplemento do Expresso. Enquanto se cumpre esta (árdua) tarefa, surge de rompante o fornecedor de tabaco, que me vem salvar das faltas de nicotina para o fim-de-semana.
Por seu lado, chega-me às mãos o mapa de devolução de sobras da Asco. Esta semana a coisa é grandinha, e por volta das 11 da manhã lanço-me para atacar o bicho. Por volta da uma da tarde, o mapa já está bem composto.
Tudo isto é feito na solidão dos 6 metros quadrados. Olegário está atrasado, pelo que aproveito para finalmente dar uma olhada ao Y. Nada de novo. Vou à Bola. Pior ainda.
Aproveito a chegada de Olegário para ir ao banco. Depósito + pagamento à Seg. Social + trocos para o fim-de-semana. Regresso ao quiosque e dou mais um avanço ao mapa, mas é invitável: vou ter que regressar à tarde. São 14:30 e vou almoçar.
Da parte da tarde damos cabo dos mapas da Chupista e da Asco. Fica quase tudo pronto. Delineamos estratégias para a batalha Expresso vs Sol de amanhã. Vamos precisar de comprar protector para o Sol. Um de nós irá comprar algum Sol à concorrência. Tem que ser, já temos perto de 20 reservas e só vão chegar 33 jornais. Vai ser algum Sol sem lucro, mas é importante "agarrar" uns clientes para futuros Sois. Combinamos ir mais cedo. Às 7:30 abrimos a porta.
Quanto ao Expresso, quase 40 reservas, para um total de 63 jornais. Vai esgotar cedo novamente. Não há maneira de o Asco me enviar a quantidade que pretendo. Merda.

Domingo posto aqui os resultados da batalha, mas concerteza será Expresso-63 Sol-33 (+ o que se comprar). Domingo ou 2ª feira sai o 1º ranking de jornais, revistas cor-de-rosa, e outras revistas. O que vende mais? O que dá mais lucro?
E a partir de 2ª feira, todas as contas diárias do quiosque. Quanto foi a caixa? Quanto se paga aos fornecedores? Qual o saldo actual do quiosque? Quanto recebe o Olegário? Quanto tiro eu? Quanto se paga de impostos? Quais as despesas correntes? O que se pode mudar?
Leiam, comentem, analisem e sugiram. Eu agradeço.

Vou dormir, tou todo roto.
posted by ardinario, 9/15/2006 09:26:00 da tarde | link | 2 ardinarices |

Dia 4

quinta-feira, setembro 14, 2006

Novidades

Automotor, edição de Outubro

Colecção "Biblioteca Fernando Pessoa"









2. Livro do Desassossego - Bernardo Soares (Fernando Pessoa) - 7,99€

Destaques

A revista Sábado oferece o 1º livro de um coleccionável sobre psicologia.
Correio da Manhã e Publico insistem no caso Apito Dourado.

O que se passa hoje no quiosque

A agitação da devolução de sombras tem mais um capítulo, com a chegada do 2º Mapa de Devolução de Sobras (GDS) da Chupista. O mapa é levezinho e faz-se em 45 minutos. Por regra, o dia não é complicado, mas para a tarde é necessário ir buscar lotarias, colocar volumes de jornais a devolver nas respectivas caixas e fazer encomenda de tabaco. Além disso paga-se uma factura à Chupista. Os valores serão revelados a partir da próxima semana.
Entretanto chegaram os sacos para o novo semanário Sol. Fazem publicidade a um novo gelado da Hello. Vão-se vender 33 jornais. Já há 10 reservas. Vou ter que ir comprar mais a outro sítio, sem lucro, para não deixar ninguém sem jornais. Merda. As reservas para o Expresso também estão a aumentar, devido à oferta do DVD. Cheira-me que vou ficar sem Expressos lá para as 11 da manhã pois não acredito que o Asco que me mande os que pedi. Devo receber entre 50 e 60.

O que saíu hoje

Além da Sábado, sai também a Visão, os 2 semanários de automóveis, Auto Hoje e Auto Foco, a TV Mais, a Grazia, revista recente para gaijas supostamente modernas ou com pretensões a, o belo Farpas sobre touros, o jornal Ocasião que aconselho vivamente a ler de uma ponta a outra :) e o jornal "O Crime", uma espécie de Jornal do Incrivel mais moderado, que obviamente se vende bem.

O que se vai passar

A partir do próximo dia 18, início da semana 1 do “Diário de um quiosque”, as contas do quiosque vão aparecer aqui. Vai ser um verdadeiro "Big Brother empresarial"!! Está quase...

Sabia que...

...A margem de lucro do tabaco neste quiosque é de 7%. Uma merda... mas não há ninguém com margens superiores a estas.

...aproximadamente 40% das vendas do quiosque são relativas a tabaco.
posted by ardinario, 9/14/2006 03:35:00 da tarde | link | 6 ardinarices |

Dia 3

quarta-feira, setembro 13, 2006

Novidades

Colecção Carros Antigos


Colecção Julio Verne


Destaques

A vitória do Sporting sobre o Inter de Milão fez esgotar os 37 exemplares do Record de hoje. Amanhã espera-se nova corrida aos desportivos.

Jornais impressos perderam 137 mil leitores para o "online" - in Jornal de Negócios. Obrigadinho!

Governo declara luta à corrupção desportiva, diz o Correio da Manhã.

O que se passa hoje no quiosque

Passa-se mais que ontem. Chega o primeiro Mapa de Devolução de Sobras (MDS) da Chupista, um dos 2 fornecedores de publicações. Começa a canseira de contar o que sobra, apontar no mapa, amarrar tudo, encostar num canto e devolver amanhã. Felizmente o mapa desta semana é curto e a coisa está bem encaminhada para ser concluida amanhã. Hoje é também dia de devolução de sobras da Lotaria Popular. E é dia de chuva, péssimo para o negócio.

O que saíu hoje

O velhinho Jornal 1X2, que vai tendo alguma saída, as cor-de-rosa Caras e Flash, com clara vantagem nas vendas para... para a semana eu digo. Hoje é também dia de Ana, uma concorrente moderna à clássica Maria, e ainda do Jornal de Letras, publicação quinzenal, e o recente semanário Olé, que vende 2 exemplares por semana :)
Dia ainda da colecção Lucky Luke do Público. São 7 exemplares que se vendem semanalmente, a 4,95€.

O que se vai passar

A partir do próximo dia 18, início da semana 1 do “Diário de um quiosque”, as contas do quiosque vão aparecer aqui. Vai ser um verdadeiro "Big Brother empresarial"!!
E não se esqueça que no próximo Domingo pode ver aqui o resultado do 1º round entre Sol e Expresso. Há palpites?

Sabia que...

A margem de lucro dos jornais é de 15% e das revistas de 20%. Uma merda...
posted by ardinario, 9/13/2006 04:08:00 da tarde | link | 3 ardinarices |

Dia 2

terça-feira, setembro 12, 2006

Novidades


Eih Viking, Eih Viking, eih!!!
Os saudosos anos 80 voltam a atacar!
Preço DVD nº2: 4,99€

Destaques

A revista Focus foca-se nas escutas do Apito Dourado. Transcrições completas que se confundem com páginas de humor. Mas pelos vistos é tudo verdade.


O que se passa hoje no quiosque

Pouca coisa. Preparam-se as publicações (de ambos os fornecedores) que vão ser devolvidas a partir de 5ª feira. Paga-se a factura de um dos 2 fornecedores de tabaco. Muita coisa, em euros (a partir da próxima semana deixo os valores). Pondera-se a aquisição de um expositor de revistas para o exterior. Preço: 20€ + IVA. A decidir brevemente.
Amanhã começam os procedimentos de devolução de sobras, que se prolongam até Sábado ou Domingo.

O que saíu hoje

Além de 50 cêntimos para o parquímetro, saíram TV 7 Dias (um fenómeno de vendas que vou tentar explicar um dia destes), Focus (para a semana passa a sair à 4ª feira), Jornal do Sporting, Diabo e Motor. Além de 23.546 publicações repetidas ou sem qualquer interesse, que os fornecedores me fazem o favor de enviar.

Amanhã com o Publico: DVD "V de vingança" a 19,99€. Espero vender pelo menos 1 até ao final da semana :)

O que se vai passar

A partir do próximo dia 18, início da semana 1 do “Diário de um quiosque”, as contas do quiosque vão aparecer aqui. Vai ser um verdadeiro "Big Brother empresarial"!!

Uma história

Num destes sábados, um indivíduo, na casa dos seus 50 anos, pergunta: "Tem o Sexus?". Expliquei-lhe que o Sexus, apesar de ter sido referência do mundo jornalístico porno, já não se publicava, mas que tinha a "Semana Erótica" e o "Clube Privado". Recusou ambos e disparou "Então dê-me o Expresso".
Desconheço se a ideia do homem seria comprar o Sexus e utilizar o Expresso como esconderijo. Penso que não. Um simples 24 Horas teria sido suficiente e custa quase 5 vezes menos.
A minha teoria é a seguinte. Imaginem um ex-fumador que, num momento de recaída, se decide a comprar um maço de tabaco. Chega ao estabelecimento, pede o seu antigo fiel Mata-Ratos, mas ao dar conta que tal tabaco já não existe, decide reconsiderar e acaba por comprar um chocolate. Com o indivíduo acima passou-se o mesmo. Antigo leitor do porno, cai na tentação, faz a aproximação, tem um momento de lucidez e, na hora H, resiste.
Mas ninguém me tira da cabeça que ele não se entusiasmou ao desfolhar o Suplemento da Economia.
posted by ardinario, 9/12/2006 03:50:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

Dia 1

segunda-feira, setembro 11, 2006

Novidades

Nova colecção com a TV Guia:



O Expresso, depois de ter visto esgotada a sua edição de 160 mil exemplares do passado Sábado, decidiu oferecer 15 dias de acesso grátis à edição impressa na internet.

Destaques

O Diário de Notícias, com subida de vendas no quiosque devido à moeda em alta, oferece um suplemento dedicado ao 11 de Setembro.

O que se passa hoje no quiosque

A má notícia é que chegam hoje as facturas semanais dos 2 fornecedores de jornais e revistas: a Asco e a Chupista ( nomes fictícios).
O meu (único) funcionário, o Olegário (nome fictício), encarregar-se-á de conferir as mesmas.
A boa notícia: a 2ª feira é o dia da semana em que menor quantidade de material proveniente dos fornecedores chega ao quiosque, pelo que o caos matinal habitualmente instalado nos 6 metros quadrados não se fazem notar como noutros dias.

O que se vai passar

A partir do próximo dia 18, início da semana 1 do “Diário de um quiosque”, as contas do quiosque vão aparecer aqui. E todas as 2ª feiras irei colocar o ranking de vendas de jornais diários e semanários.
No próximo Sábado nasce o Sol, pelo que a expectativa é grande na prometida luta com o Expresso ...
posted by ardinario, 9/11/2006 04:59:00 da tarde | link | 0 ardinarices |

Semana zero

domingo, setembro 10, 2006

A vida de um quiosque com 6 metros quadrados de vida vai-lhe ser dada a conhecer através deste blog.
Conheça as novidades, a facturação, as despesas, as dívidas, as histórias, os gamanços e as artimanhas utilizadas pelos clientes para comprar filmes porno. Ao pormenor.
Saiba o que vende mais: Publico ou Diário de Notícias, Bola ou Record, Expresso ou Sol, Gigante ou Ventil, Sábado ou Visão, Caras ou Flash, Playboy ou Penthouse.
Acompanhe diariamente as contas e as aflições de um negócio onde cada cêntimo vale ouro. Os esquemas dos fornecedores, as aldrabices do gestor, as idas ao contabilista, as prometidas obras de ampliação e a terrível busca do caloteiro perdido.
Leia, sugira, mande bitaites, comente, pergunte e faça contas.
O quiosque é real. Tudo o que for escrito aqui corresponderá à verdade.

A semana zero, que começa dia 11 de Setembro, 2ª feira, irá servir para melhor conhecer o quiosque e poder ficar a par das novidades que saem diariamente, além da explicação de alguns procedimentos básicos referentes à gestão.
Dia 18 de Setembro, 2ª feira, começa a contar. O objectivo é simples: manter o quiosque de pé.

O meu nome (fictício) é Ardinário, e sou o gestor do quiosque.
Bem-vindo ao "Diário de um quiosque". Aproveite, é inédito.
posted by ardinario, 9/10/2006 04:44:00 da tarde | link | 9 ardinarices |