<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Assino por baixo

quinta-feira, março 29, 2007

Há dias confessei um esquema quiosqueiro perante um cliente. Comprador assíduo da Courrier Internacional, dizia-me ele que ponderava assinar a revista, e que só não o tinha ainda feito porque lhe teriam informado que a revista por vezes não chegava à caixa de correio no dia de lançamento nas bancas. De imediato, informei-o que inicialmente tal acontecia mas que de há uns tempos para cá a coisa tinha normalizado e invariavelmente entrava na caixa de correio dos assinantes às 6as feiras. Sem qualquer atraso, portanto. E acrescentei: “Sei isto porque eu próprio sou assinante da revista”.

Não se precipitem a chamar-me de parvo ou louco. A minha sanidade mental continua intacta e, pelo menos até à hora em que escrevo estas linhas, ainda sou proprietário de um quiosque que curiosamente recebe todas as 6as feiras a Courrier Internacional.
O que se passa é muito simples de explicar. Na altura em que avancei para a assinatura, a revista oferecia um desconto superior àquele que usufruo no quiosque.

Agora precipitem-se e chamem-me francisco inteligente (xico esperto para os amigos) que eu aceito de bom grado. Para além de um desconto interessante, a assinatura brindou-me com um leitor de mp3. Não digo que era um item indispensável à minha vivência, mas é um objecto que faz companhia e não chateia. Foi, pois, recebido de braços e ouvidos abertos.
Além disso, como não aprecio particularmente a venda de material em 2ª mão, a revista que todas as semanas vai parar ao 2ºC do nº 25 da Travessa do Alecrim, tem guia de marcha para o quiosque no dia das devoluções de sobras.

Assumo o xicoespertismo desta tramóia, mas há que apontar um dedo às publicações que oferecem enormes descontos a assinantes, bem superiores à margem de lucro da venda dessas publicações em quiosques. Desta forma, não garanto que outras publicações não venham parar cá a casa, desde que me ofereçam uma atençãozinha considerável. Por outro lado, não se admirem se me virem com um relógio com os dizeres “I love TV 7 Dias” ou com uma toalha de praia da Caras.
Aliás, admirem-se primeiro e depois chamem-me à atenção.

(Uma dica. Sempre que vos quiserem impingir a assinatura de uma qualquer publicação, há um argumento que nunca falha: “Não estou interessado. Sou proprietário de um quiosque, não faz sentido ser assinante de uma revista, certo?”)
posted by ardinario, 3/29/2007 06:04:00 da tarde

6 Comments:

Bem... grande confissão. Eu assino a Sábado, chega a horas, mas tive de aceitar o horrível presente de um par de relógios (que nem no chinês se encontram, de tão horrorosos). Mas depois desta confissão esperemos que a distribuidora de revistas não seja leitora deste blog... mas que merecem ser tramadas com a história da devolução, merecem!
commented by Blogger dass, 3/29/2007 7:06 da tarde  
Caro oridinário, foi o Courrier (em francês) Internacional (em português...) que ofereceu a mais fantástica promoção de todas, neste Natal: assine por 75 érios e receba vales Bertrand de 75 érios. Já agora, se me pudesse falar da campanha de oferta de "meio DVD" em cada Expresso e da logística de recolher os cartões e tal (e se isso é mesmo assim), e como é que isso é contabilizado, muito agradecia este seu leitor cusco!
commented by Anonymous Anónimo, 3/30/2007 1:47 da tarde  
É simples. Na compra do Expresso desta semana, por exemplo, oferece-se o cartão que deve ser entregue na semana seguinte para que na compra do jornal se ofereça o dvd.
En España sucédenos o mismo. O jornal "La Voz de Galicia" lle costa a os suscriptores o mesmo que os quiosqueros, a ademáís regálanlles un televisor con DVD. Eu xa teño unha suscripción, que vendo todos os días xunto a os demáis jornais.

Alfonso (www.quioscoduran.com)
Galicia
España
commented by Anonymous Anónimo, 4/01/2007 1:52 da tarde  
Caro Ardinário:

Está a praticar uma fraude.
commented by Anonymous Anónimo, 4/10/2007 3:50 da tarde  
Ardinário:

O que você está a fazer à sua distribuidora é o mesmo que o Sr. Martins lhe fez: puro roubo!
commented by Anonymous Anónimo, 4/21/2007 12:24 da manhã  

Add a comment