<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

6ª feira, 2 de Março

sexta-feira, março 02, 2007

Não é um quadro muito bonito de se ver. Já aqui o escrevi várias vezes e não me canso de repetir. As 6ªs feiras são horrorosamente caóticas e as 6ªs feiras de início do mês são muito mais que isso. A estas últimas trato-as carinhosamente por marés-vivas.
Lá dentro (do quiosque, entenda-se), vive-se um verdadeiro cenário de destruição e hórror. Pelas 8 e 30 o panorama não é nada animador e a maior dificuldade é mesmo... por onde começar??
Não interessa. Vou poupar ao leitor a descrição do processo de conversão de caos em espaço minimamente apresentável, agradável e, essencialmente, transitável. O que me fez vir até aqui vai um pouco mais longe. A ver vamos se não me esqueço de nada...

Diário Económico super-especial sobre a assembleia geral da PT. O sempre interessante Courrier Internacional. A inovadora revista Inovar.te. O do Diário de Notícias. A National Geographic. A nova Visão. A Atlântico. Os semanários da cidade...
E depois uma enorme edição individual do Publico! O destaque da OPA, o grande Inimigo Público, o novo suplemento Economia, o Ípsilon de 64 páginas. O especial "Melhores Empresas para trabalhar em Portugal". Os Arcade Fire. A entrevista aos Arcade Fire. A vinda dos Arcade Fire. O Ípsilon de 64 páginas (já tinha dito?). O P2. O Público... Ufff...
Tudo muito lindo. A isto há a juntar a Cauda Longa, a Maria, a Sportv, a Sic Notícias, o 3D, a formação, a Maria, a mãe da Maria, os blogues, este e este, a last.fm, o Pro Evolution Soccer 6, o quiosque, a gestão do quiosque, a Maria, a mãe da Maria e ...

... e um só dia com 24 horas e as semanas que teimam em não ultrapassar os 7 dias.
Há tempo para ler o que nos propõem? Estarão as pessoas dispostas a pagar por algo que não vão conseguir usufruir?
E tu?? Sim, tu aí agarrado ao teclado! Se algum dia pensares em vender o quiosque, lembra-te que vais gastar... não uma, mas duas pipas de massa só em jornais e revistas!
posted by ardinario, 3/02/2007 03:25:00 da tarde

1 Comments:

E eu aqui sem nada para ler que não tenha caracteres!... Não está nos teus planos alargar a entrega ao domicílio à China?
commented by Blogger paulo, 3/06/2007 2:27 da tarde  

Add a comment