<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Semanário de um quiosque

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Já voltei.
Ainda estou na luta, mas já há disponibilidade para aqui deixar as notícias do quiosque.
Em primeiro lugar, devo dizer que a Nespresso já faz parte da montra do quiosque desde a passada 2ª feira. Esta semana, a 40 cêntimos o café, para a partir da próxima semana passar a 50 cêntimos. A menina tem-se portado bem, e os consumidores aprovaram a medida... e o café, claro!
Mais novidades, mais novidades... ah, as sobras da Asco passaram a ser diárias, o que significa que o processo de devolução é agora repartido por vários dias da semana.
Quanto ao cartão... bem, o cartão... como é que eu hei-de dizer isto?... Então o que se fez... ora... o cartão, o cartão... tinha que mostrar o cartão aos clientes antes de avançar efectivamente com a ideia. Assim o fiz. Mostrei as duas hipóteses: o cartão cliente normal e o cartão cliente pré-pago. E cheguei à seguinte conclusão:

- grande parte dos clientes não percebeu as propostas apresentadas e/ou as propostas apresentadas não estavam devidamente esclarecedoras
- o sistema de pontos por compras efectuadas fez alguma confusão
- não houve grande abertura dos habituais clientes à aquisição de cartões pré-pagos
- as vantagens apresentadas não se mostraram suficientemente atractivas para levar um cliente a entusiasmar-se por qualquer um dos cartões

Isto de uma maneira geral, porque como é óbvio houve opiniões diversas.

Posto isto, a história dos cartões não vai avançar, pelo menos nestes moldes. No entanto, não queria quebrar a promessa de lançar o serviço de entrega do jornal/revista ao domicílio, pelo que o sistema está a ser repensado. Espero apresentar alguma coisa em breve.

Antes de voltar à luta, apresento um novo blog que merece ser visitado. A dica veio daqui.
posted by ardinario, 1/19/2007 04:51:00 da tarde

2 Comments:

Se ao lado da Nespresso houver uma fotografia do Clooney o café ainda se vende melhor!
commented by Blogger dass, 1/21/2007 11:43 da tarde  
não quero ser a voz do pessimismo neste blog tão interessante, mas máquina de café entra no dominio de um estabelecimento de bebidas, i.e., teria de licenciar o belo quiosque para bebidas, ter dois WC's e por ai fora
mas que o café da nespresso é bom, lá isso é ;)
commented by Anonymous Anónimo, 3/14/2007 3:34 da tarde  

Add a comment