<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Histórico!

quarta-feira, setembro 05, 2007

Imaginem um Azerbeijão apurado para uma fase final de um europeu de futebol. Impossível, certo? Errado. Portugal conseguiu fazê-lo em basket. Agora imaginem que o Azerbeijão levava duas malhas nos dois primeiros jogos da fase final e ganhava o último frente à Suécia, apurando-se para a fase seguinte. Parece impossível, mas Portugal acaba de o fazer contra a Letónia, uma das grandes selecções europeias. Para isso contou com a ajuda de uma inspirada Croácia, que num final alucinante que só um jogo de basket pode oferecer, venceu os espanhóis candidatos ao título, a jogar em casa, e invictos há 28 partidas!



O feito foi tal, que a há momentos a RTPN dava conta que a vitória de Portugal frente à Letónia tinha sido brilhante e que Portugal tinha saído deste europeu de cabeça erguida. O que levou o pivot a desculpar-se da desactualização da peça.

Ontem, o seleccionador nacional dava conta do seu "optimismo":

O treinador da Selecção Nacional de basquetebol, Valentyn Melnychuk reconheceu que chegar à segunda fase está fora de hipótese: "Sabemos fazer as contas e já percebemos que é impossível chegar a Madrid".

"Temos de pensar no futuro e esperar que apareçam novos talentos. Estamos a crescer, mas devagarinho. Podemos sonhar em conseguir fazer melhor, mas só em sonhos, pois a realidade é bem diferente", acrescentou Melnychuk.

Para amanhã esperam-se manchetes a condizer, do género "Entrevista de fundo com Rui Costa" ou "Análise ao 11 de Scolari".
posted by ardinario, 9/05/2007 10:28:00 da tarde

1 Comments:

Brilhante, caro Ardi. Ontem vi o PT-LV mas foste tu agora que me deste a notícia do ES-CR. E duma maneira brilhantemente irónica. Parabéns. PS Não sabia que "selo" podia ser pêro. Sabia que podia ser um beijinho na boca, o que dá também outra perspectiva à tua história dos selos...
commented by Anonymous Anónimo, 9/06/2007 12:46 da tarde  

Add a comment