<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

24 de Agosto de 1820

sexta-feira, agosto 24, 2007

Nascido a 31 de Julho de 1771, na rua então chamada “dos Tropeções”, mais tarde “Quebra-Costas” e que hoje ostenta o nome que é comemorativo do nascimento daquele a quem um dia chamaram “o Patriarca da Liberdade”, Manuel Fernandes Tomás foi o principal protagonista da revolução de 1820.
[...]
A 24 de Agosto de 1911, data de aniversário da revolução por detrás da qual esteve “o patriarca da liberdade”, a Figueira da Foz presta-lhe devida homenagem ao erigir-lhe, na Praça 8 de Maio, uma estátua de autoria do escultor Fernandes de Sá, que, de modo a imprimir a noção de movimento e ímpeto que a escultura apresenta, se inspirou na atitude e gesto de Fernandes Tomás ao repelir as ameaças de que foi alvo aquando das vésperas da revolução.
In O Figueirense

Image Hosted by ImageShack.us

A 24 de Agosto de 2005, 185 anos depois da revolução, nesta mesma praça, o quiosque passou para as minhas mãos. Uma feliz coincidência que serve também de homenagem ao "Patriarca da Liberdade".
posted by ardinario, 8/24/2007 04:54:00 da tarde

7 Comments:

e a 24 de Agosto de 2002 nasceu o meu 2º filho:)
commented by Anonymous Janicio, 8/25/2007 2:31 da manhã  
Sr. tenho algumas pergunta empresariáis a fazer-lhe:

Qual foi o montante do investimento que fez para abrir o quiosque?

Quem teve de contactar para lhe "fornecerem" os jornais e as revistas?

obrigado
maria
commented by Anonymous Anónimo, 8/26/2007 7:50 da tarde  
anónimo,
O investimento foi o montante que paguei ao anterior proprietário. O quiosque já existe há dezenas de anos.
Fornecedores: www.vasp.pt e www.logista.pt
Este comentário foi removido pelo autor.
Olá.
o meu nome é maria, eu sou a autora do comentário anónimo. Muito obrigado pela sua respostas, no entanto eu ando à procura de um pouco mais de informação.

Não tenho qualquer conhecimento dá área, já fui ver a páginas web que me indicou mas ainda não as estudei.

Pretendo alugar um espaço e gostava de saber um valor aproximado do investimento nomeadamente em relação às publicações. Como se procede as formas de pagamentos às distribuidoras? Pagamos a publicação e o serviço de intermediário das distribuidoras?

Temos a opção de devolver as publicações não vendidas (falo dos jornais e das revistas), como se processa em termos de pagamentos?

Peço desculpa se lhe estou a fazer alguma perfunta repetida, não sei se já fez algum post sobre este assim.

A minha dúvida maior é mesmo em relação ao investimento inicial.
Agradeço a sua ajuda.
Obrigado
maria
commented by Anonymous Anónimo, 8/28/2007 5:42 da tarde  
Maria, o pagamento às distribuidoras é semanal e sim, só pagamos o que vendemos. O resto é devolvido.
Quanto ao investimento inicial, não a consigo ajudar.
Faça contas. Aluguer, contabilista, ordenados, telefone, luz, etc...
Os jornais dão 15% de lucro e as revistas 20%. Tabaco entre 5 e 7%.
Olá.
Então e as licenças de funcionamento? É necessário uma autorização da câmara?

Maria
commented by Anonymous Anónimo, 9/05/2007 9:23 da manhã  

Add a comment