<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Nem 1 Expresso de férias

sábado, agosto 09, 2008

Toda a gente sabe, mas eu venho aqui recordar, que as férias da malta dos quiosques não se medem por dias nem semanas, mas sim por Expressos. Ou seja, se o Sr.Mendonça do quiosque do jardim se ausentou duas semanas na Costa do Marfim, ele traduz o evento nestes termos: “Passei dois Expressos na Costa do Marfim que foi uma beleza!”.


Este ano resolvi tirar apenas um expressozito de férias, mas as contas saíram furadas, e nem a isso chegou. Quinta à noite recebo um telefonema do substituto senhor meu irmão, e esta coisa de receber telefonemas de um substituto senhor meu irmão, enquanto se está de férias, e ainda por cima a horas suspeitas, nunca será para me dar uma notícia do tipo “passou por cá o presidente da junta a autorizar a ampliação do quiosque para 28 metros quadrados e logo a seguir, imagina lá, lembras-te daquele cliente que se esqueceu de pagar o Sg Gigante no ano passado... veio cá, pagou a dívida com juros e prontificou-se a financiar as obras de ampliação”. Não. Foi mais algo parecido com “bati de carro, parti o 4º metacarpo da mão direita em dois sítios e tenho uma tala que vai da unha do anelar até ao cotovelo, que me impede de executar tarefas básicas, tais como despertar a braguilha ”.


- Não acredito! Então e agora??

- Agora estou com umas dores insuport...
- Então e agora o quiosque?
- Ainda por cima a mão direita... Estou mesmo com umas dores do caraç...
- Porra pá, que grande chatice! Mas ainda consegues dar uma mãozinha lá no quiosque? Mesmo só a esquerda.
- Vou tentar. Isto está um bocado inch...
- Óptimo, óptimo. Eu chego amanhã.
- O carro ficou fod...
- E será que consegues fazer o expresso no sábado?
- Consigo, mas vou demorar 5 horas. Que merda, pá. Ao princípio não me doía nada, mas...
- Merda, merda!! Pronto, eu vou no sábado...
- ...
- Como é que fizeste isso, pá? Dói-te?

p.s. - mal imaginava eu que iria ser um dos piores sábados da história do quiosque

posted by ardinario, 8/09/2008 11:08:00 da tarde

0 Comments:

Add a comment