<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Dia 41 - Grandes portugueses

segunda-feira, outubro 23, 2006

Image Hosted by ImageShack.us

Apesar da recente concorrência do Sol, o Expresso continua a ser, de longe, o maior jornal semanário português. Há quem diga que 1 exemplar seria suficiente para forrar as paredes de uma moradia de 220 metros quadrados. Parece-me exagerado. Mais arrojada foi a experiência do indivíduo que se propôs fazer o percurso quiosque-casa sem sujar as solas dos sapatos, utilizando para isso os suplementos que não iria ler. Para ele vai o prémio de 1500 metros Expresso.
Não é meu propósito fazer um julgamento da utilidade de certos suplementos do Expresso, mas já é da minha competência assegurar que todos eles cheguem arrumadinhos ao cliente, devidamente "ensacados" e encaixados dentro do caderno principal. Este processo, repetido dezenas de vezes, uma vez por semana, pode ser mais ou menos demorado conforme a Escala de Ardina atribuida à composição do jornal. Um Expresso de grau 1 na Escala de Ardina é o mais rápido de todos, embora seja uma raridade. Caderno Principal, Economia, Actual, Emprego, Espaços e Casas e Única. Em 10 minutos, despacham-se meia centena de exemplares, a uma média de 10 segundos por saco. Já o Expresso de grau 5 na Escala de Ardina é o mais perigoso deles todos. Além dos já citados, há a acrescentar o Jornal do Golfe, um suplemento de Moda, outro de Informática, um peso-pluma de Saúde, um especial de Educação e um mega-ranking das maiores empresas, sem falar de um eventual brinde, seja dos Lusíadas, da Bíblia ou do Atlas Universal. O processo é lento e arrasta-se por tempo indeterminado. Pelo meio esquece-se sempre de pescar um ou outro suplemento. Quanto muito faz-se uma marca de 13,8 segundos dos 0 aos 10 cadernos, mas só lá para a 46ª volta, quando a coisa já está automatizada. Até lá, testam-se técnicas de aumento de produtividade. Há quem defenda que se deve começar pelo Actual para acabar na Única, enquanto outros garantem que a sequência Emprego-Saúde-Golfe é a mais eficaz de todas. Tanto na Escala de Ardina como na vida real.

Como seria de esperar, o Expresso venceu a batalha contra o Sol deste Sábado: 75-24 foi o resultado. Os números parecem agora estabilizar, tendo em conta o factor DVD. O número de clientes que compra ambos os semanários situa-se agora nos 4 ou 5. Outra facto que se confirma é a angariação por parte do Sol de "novos clientes semanários". Embora haja algumas promessas, ainda não chegou o cliente que tenha desistido do Expresso a favor do Sol (facto a rever no final dos brindes).
Entretanto, mais uma nota negativa para a Asco: dos 90 DVDs que supostamente chegariam ao quiosque, faltaram 15... o que impediu a venda de pelo menos 5 exemplares. Tendo em conta que os DVDs desta semana chegaram em caixotes de 15, é fácil concluir que alguém, empregado de uma certa e determinada distribuidora, terá ganho algum com a venda ilegal de 15 DVDs.

Caixa de Sábado, inferior à da semana passada:

Image Hosted by ImageShack.us


O saldo, com uma boa recuperação...

Image Hosted by ImageShack.us

... e uma mudança curiosa:

Agora que terminou a febre de Setembro do lançamento de colecções, deu-se um jeito na exposição de revistas no exterior. Na secção Economia decidi dar uma oportunidade a um elemento que, apesar de ter estado perto da dispensa na época passada, constantemente arredado dos titulares, apareceu em grande. Trata-se do Boletim do Contribuinte (3,70€) que esgotou na semana em que esteve exposto em destaque.

Quem vai estar afastada dos titulares, amanhã, é a TV 7 Dias, fruto da experiência da semana anterior.

Na próxima 5ª feira sai a edição de Novembro da Revista Atlântico. Na capa, um título salta à vista: "Simplesmente Maria, segredos e receitas da revista cor-de-rosa que dá milhões". Aguardo ansiosamente...
posted by ardinario, 10/23/2006 02:47:00 da tarde

8 Comments:

A propósito: parabéns pela referência n'o Público de ontem. As histórias citadas eram muito divertidas. E o destaque foi muito justo.
Um abraço.
Bulhão... olha que é só Público, o "o" não entra no filme...
commented by Anonymous Anónimo, 10/23/2006 7:38 da tarde  
Querido Ardinário ( posso chamar-lhe assim, não posso??aguardava ansiosamente por ler o que escreveu hoje.Mais uma vez, não me decepcionou!
Já sei que há amigos de marroquinos, oriundos de terras de Vera Cruz, que visitam o seu blog em SALAMANCA!!!!E adoram!!!Vivam os Salamantinos!
Pelos vistos, está destinado a tornar-se um fenómeno internacional!
Fico á espera do "dossier de argolas..."
commented by Anonymous timarroquina, 10/23/2006 8:50 da tarde  
desculpe lá o acento do "a"...há que rever o material antes de publicar!
commented by Anonymous ti..., 10/23/2006 8:52 da tarde  
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
commented by Anonymous ti..., 10/23/2006 8:52 da tarde  
Simplesmente fantástico amigo Ardinário.
Proponho que faças uma pequena análise da venda dos diarios desportivos vs resultados da jornada futebolistica,ou quando aparece nas primeiras paginas o clube dos seis milhões,tb me parece ser um factor importante para a venda.

O Milhafre
commented by Anonymous Anónimo, 10/23/2006 11:15 da tarde  
Obrigado Bulhão!
Como reparaste, este post tem (algo de) Barbas ;)
Considera-o uma "homenagem" (lê-se "inspiração") ao melhor texto desportivo de sempre da blogosfera.
E olha que isto vindo de um benfiquista é um grande elogio...
ti... um grande abraço aos salamantinos! Tá prometido o dossier.

Milhafre, ora aí está uma boa ideia! Só tens que me dizer que jogos queres comparar. Boavista-Benfica vs. Leiria-Benfica? Em que dias foram os jogos?

Add a comment