<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

Dias 49 e 50 - Modernices

quinta-feira, novembro 02, 2006

Procura-se Mulher Moderna

Um bom vendedor tem a obrigação de conhecer bem o produto que vende. A frase faz sentido, mas a tarefa complica-se quando se está a falar de um quiosque. Segundo o inventário (leia-se Ardinário) do ano passado, existem perto de cinco centenas de publicações diferentes nos 6 metros quadrados. A partir dessa altura, decidi atribuir uma função a mim próprio: conhecer de "perto" algumas dessas publicações, principalmente aquelas cujas vendas eram um desastre. É aqui que entra a Mulher Moderna (vou tratá-la apenas por Mulher para simplificar), um fiasco tal que nem entra nas minha contas de revistas cor-de-rosa. À semelhança do que os Atlânticos aqui fizeram com a Maria, decidi penetr... vasculhar a Mulher, supostamente Moderna.

Image Hosted by ImageShack.us

A CAPA
Uma tal de Bárbara faz de moderna da semana. Confessa que se emociona com os bébés, mas fica a ideia que o muito, estrategicamente col(oc)ado, terá resultado de uma emoção acima do normal, típica de uma mulher... moderna.
A Mulher optou por colocar um anúncio ao lado de Bárbara. Fábio, solteiro, procura amor. Faltou o número de telefone...
Mais em baixo, uma chamada para o drama de Elsa, enganada vezes sem conta, suponho que pelo homem que lhe faz (e tira) as tatuagens. Um conselho, Elsa. Verifique o nome do homem que se encontra no seu braço. Se for, por exemplo, Fábio, não faz sentido namorar Pedros ou Antónios. Há muitos Fábios à procura de amor...
Passando pelo encanto que Marcello mostra pelo seu filho adoptivo, chegamos ao Pedro, um fumador invente... invinte... invete... um gaijo que fuma como o caraças!! A Mulher optou por colocá-lo dentro de uma estrela. Ok, percebi a mensagem.

OS CONTEÚDOS
Ver "A CAPA". Está lá tudo.

CONCLUSÃO
Infelizmente, tenho que admitir que a Mulher não é muito boa, e que já vi Caras melhores. Não entusiasma por aí além, mas tudo tenho feito para que tenha sucesso. Já coloquei a Mulher em locais estratégicos onde se poderia vender bem, mas os clientes nem lhe pegam. Tenho recomendado a Mulher a clientes indecisos. Nada. Enfim, não é Mulher que se deixe levar. É pena, porque é uma Mulher Moderna.


Eentretanto, o Record acrescentou isto...

Image Hosted by ImageShack.us

... aos dados recolhidos por aqui. Foi bem visto.

A caixa de 3ª feira e o raio da caixa do feriado, que dá logo cabo da média:

Image Hosted by ImageShack.us

O saldo a decompor-se...

Image Hosted by ImageShack.us

O PEC. Eu sei o que é - Pagamento Especial por Conta. Só não sei é o porquê. Haverá por aí alguma alma caridosa que me consiga explicar, em linguagem acessível, como se eu tivesse 6 aninhos, para que raio é isto do PEC? Obrigado.

Post this

Image Hosted by ImageShack.us
posted by ardinario, 11/02/2006 05:07:00 da tarde

15 Comments:

O PEC funciona como um prestação de IRC que irá deduzir caso tenha lucros no final do ano. Caso tenha prejuízos fica a arder. Foi uma maneira que se arranjou de penalizar os artistas que enganam o fisco que infelizmente vai também penalizar os que simplesmente não estão a ter bons resultados. Quando começar a ter lucros (não é assim tão linear mas disse que era como se tivesse 6 anos) passa a pagar o PC.
commented by Anonymous Anónimo, 11/02/2006 9:58 da tarde  
Como já vou em 31 aninhos fico feliz de a mulher moderna não ter saída! hehe
para sacar dinheiro!
Caro amigo ardinario : o PEC existe para garantir que os chico-espertos que declaram prejuízos, ano após ano após ano após ano após (bem, acho que já deu para perceber a ideia) podem continuar a fazê-lo, sem no entanto deixarem de contribuir com um mínimo dos mínimos...
Anunciamos a abertura de um novo "bordel", com luzinha "vermelha" à porta. Fica na Figueira da Foz (bailenobordel.blogspot.com) e será o maior prostíbulo desta cidade. Enquanto não houver anúncios de "massagistas" e "acompanhantes" é uma sorte. Vá lá, rostos animados e aproveitem enquanto é de borla!

Ass: O Gerente, Gato Bravo e Dona Mimi
O PEC é a chamada colecta mínima.
Caro Ardinário,
Ao fim ao cabo, o PEC também podia ir para a rúbrica "Chupista", não?
Um abraço
(P.S. Já lá botei o meu boto)
Gostei da nova imagem do blog. Mais moderna ;)
Abraço
commented by Anonymous Janicio, 11/03/2006 9:17 da tarde  
Ninguém comenta as notícias da Mulher Moderna? Ninguém está interessado nas novidades do social? A tertúlia é que sabe lol
Pelo que já por aqui foi dito, espero que o quiosque passe, rapidamente, de PEC para PC. Embora, se bem percebi, o ideal é ter receitas de PC e pagar PEC. Ok. O que até uma criança de 6 anos percebe, é que é tramado pagar impostos, sobretudo quando muito "figurão" PC, faz vidinha mascarado de PEC. Uf! Isto é capaz de ser um drama digno da "Mulher Moderna"...
novo visual? mais moderno?? talvez ande tenha tomado demasiada atenção à Mulher(Moderna)!! afinal há quem lhe pegue!! eu confesso (ainda que fora da missa à qual não vou!) que gostava mais do outro visual. mas... assim está bem e bom também.

quato à cerveja... aqui também se precisa de ir comprar umas cervejitas para sábado à noite!!
commented by Anonymous minhoca, 11/04/2006 4:38 da tarde  
Quanto ao PEC, entendido. Mas, ou muito me engano, ou também já paguei PC este ano. Se não foi este ano, foi o ano passado. Se assim foi, isso significa que mesmo tendo lucros, continuo a pagar PEC??
O PEC, basicamente, funciona assim;
INTRODUÇÃO
- (1º ANO) Inicias uma relação com o padeiro do teu bairro (Bô tarde sô Sepúlveda, são 3 papo-secos e 4 bolas).
- Pagas ao padeiro pelo pão que ele te vende.
- No final do ano fazes contas ao dinheiro que gastas em pão e pensas que andas a gastar demasiado, mas quando te faltar o dinheiro para o pão, tal como o Mário Soares, pensas, se calhar daqui a uns tempos vou ter de passar a comer croissants. Mas que se lixe, o que ganhas ainda dá para pagar o pão....mal fôra...e o que interessa mesmo é que a tua mulher te ama e está contigo.
- (2º ANO) No ano a seguir, e como já tens uma relação de longa data, e o sôr Sepúlveda também faz questão de frisar esse ponto, porque nem tu, nem eu, nem ninguém, se está para preocupar em rever 365 dias, um a um, e longa data é isso mesmo, e a gente sabe que o pão dos hipers é um lixo, já pedes 3 carcaças e 2 saloios.
- Durante todo esse ano, não pôes a vista no sôr Sepúlveda, porque entretanto ele já tem o Vladimir ou o Zé a aviar ao balcão da padaria. Pensas, porra, dou-lhe tanto a ganhar que este gajo às tantas já está mas é a investir no Brasil, e mesmo que não esteja, já deve fazer parte do Grupo Suiça, Mexicana, Brasileira, ou um desses quaisquer. O que eu gostava do apertar de mão áquela figura do Sepúlveda, sempre com histórias, sempre com uma brincadeira, mas sou fiel, gosto do gajo, porra.
- Chegas ao final do ano e vês que, às tantas, o preço do pão até se manteve, lá está, ganhaste um amigo no sô Sepúlveda. O sô Sepúlveda é um gajo apoiante a que continues no bairro, apesar das ofertas dos T2 que já te fizeram no bairro ao lado, em que tu por acaso sabes que o pão custa metade do preço. Mas que se lixe, não tens capacidade para te mudar, e o sôr Augusto da padaria do bairro ao lado trata-te mal e a maior parte das vezes, até te vende o pão mais caro. Eu aguento-me, já não penso em croissants, e o que interessa mesmo é que a minha mulher me ama cada vez mais e isso para mim vale tudo. É isto a felicidade?

O PEC vem a partir de agora:
- (3º ANO) O Vladimir já se chama Vasco e o Zé, no 2º turno diz-te que está no forno e vai haver pão, mas entretanto tens de pagar adiantado, ao sôr Sepúlveda que deve estar mesmo aí a rebentar, para garantir que há pão para ti.
- Tu questionas, porra, sou um cliente de longa data, quero já o meu pão.
- Eles dizem que tem de ser assim. Tu até ligas para casa, mas a tua mulher diz para esperares. Pagas e dizes que passas mais tarde.
- Tu voltas ao trabalho, porque tempo é dinheiro, e tens de suar para pagar o pão e tudo o resto. Ligas à tua mulher e fazes contas de cabeça.
Continua a não haver pão, mas a tua mulher exige que continues a pagar adiantado, só para garantir a reserva. E a tua mulher, cada vez está mais em baixo.
-
- RESUMO SUCINTO: Já pagaste pelo que tens, e tens de continuar a pagar pelo que supostamente vais ter.

EPÍLOGO: Se não vês o padeiro há algum tempo, pôe-te a pau! Porque o resumo desta rabola é que o padeiro (Estado) fugiu mesmo com a tua mulher (lucro, ou qualquer coisa que uma empresa possa dar).
parabens ardinario, o teu blog é excelente. Ha muito tempo que não via situações reais tão bem retratadas...
Falam de ti na VISÃO desta semana, a que tem o homem do IKEA na capa...
Parabéns, continua...

PS- sou homem, e compro a TV7 dias, pois de todas, é a que melhor traz as programações televisivas e sempre ficamos a saber mais sobre as actualidades da nossa televisãozinha...
commented by Anonymous ZORRO, 11/05/2006 9:03 da tarde  
Visigordo, gostei, gostei!! ;)
Parabens mesmo... ao "homem do quiosque" :) ao viso que é "cheinho"

um must :)

Um debate sobre economia com os dois... ui até o Dep.finanças ficaria a aprender algo :)

Até mais ler :)

Eu...
commented by Anonymous Anónimo, 11/13/2006 3:50 da tarde  

Add a comment