<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d34117314\x26blogName\x3ddi%C3%A1rio+de+um+quiosque\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://diariodeumquiosque.blogspot.com/\x26vt\x3d5113954605552121106', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

diário de um quiosque

O Pacheco Pereira tornou-se uma espécie de Ardinario da política [caracteres extra para não me estragar o template do blog]

O fim...

sábado, dezembro 16, 2006

Ao longo dos últimos 3 meses tudo tenho feito para manter o blog o mais actual possível. No entanto, de há um tempo para cá, tal não tem sido possível. Umas vezes por falta de tempo, outras por falta de material, outras por pura falta de inspiração. Mas, na maior parte das vezes, e como já tinha alertado anteriormente, tal deveu-se ao estudo que tenho vindo a fazer relativamente às vendas no quiosque. Assim sendo, e como tudo tem um fim, venho por este meio... partilhar mais um capítulo desse estudo: "O fim... do mês"!

Já tinha uma ideia sobre o fenómeno fim do mês, mas o estudo das vendas das últimas 4 semanas veio não só confirmar essa ideia, como reforçá-la.
A teoria do fim do mês no quiosque diz que, e passo a citar o autor (eu próprio), "...uma boa parte da fatia de clientes que esteja determinado a fazer compras no quiosque vai fazê-lo precisamente no final do mês, quando recebe o seu ordenado".

A primeira questão que se coloca, partindo do princípio que tal teoria se confirma, é: "essas compras são efectuadas em quê?".
Vamos começar por ver o comportamento das mulheres...

Image Hosted by ImageShack.us

Período de maior lucro - 27/11 a 3/12
Período de maior lucro de revistas - 27/11 a 3/12
Período de maior lucro de colecções - 27/11 a 3/12

Agora os homens...

Image Hosted by ImageShack.us

Período de maior lucro - 27/11 a 3/12
Período de maior lucro de revistas - 27/11 a 3/12
Período de maior lucro de colecções - 27/11 a 3/12

E o total...

Image Hosted by ImageShack.us

É fácil concluir que o cliente, homem ou mulher, escolhe o fim/início do mês para comprar mais... revistas e colecções.

Atentem no gráfico dos lucros de colecções, por semana:

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
(clicar na imagem para ampliar)

Lá está... 27/11 a 3/12 a dominar.

E agora o gráfico dos lucros de revistas, dia por dia:

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
(clicar na imagem para ampliar)

O lucro dos dias 28, 29 e 30 de Novembro é praticamente o dobro da média das 4 semanas!

Já agora, atentem nos domingos, fraquíssimos em termos de venda de revistas, e no 24 de Novembro, o dia da grande tempestade que fez abanar o quiosque.

Curiosamente, a teoria do fim do mês não se verifica na venda de jornais. Bem pelo contrário:

Free Image Hosting at www.ImageShack.us
(clicar na imagem para ampliar)

Perante estes dados, como pode o quiosque actuar? Aumentar a exposição de revistas e colecções nos dias em causa? Impossível. A capacidade máxima de exposição é atingida todos os dias. Penso que está fora de questão utilizar a técnica "porque não leva 2 records, não vá 1 estragar-se...?", mas fazer um pequeno forcing para juntar uma revista ao jornal poderá tornar-se produtivo. Mais ideias?

Brevemente, mais capítulos da saga do estudo.
posted by ardinario, 12/16/2006 02:36:00 da tarde

7 Comments:

O Senhor Ardinário ou alguém que ande por aqui , sabe onde posso encontrar uma lista de pontos de venda de jornais?
OBRIGADO
commented by Anonymous Anónimo, 12/17/2006 6:42 da tarde  
Por momentos assustei-me com o título do post! Isso não se faz, Sr. Ardinário!
O mundo já está tão cheio de más notícias...
Em vez do forcing para "leve tb uma revista" penso que mais importante é evitar a quebra das vendas dos jornais. Ao inves de sugerir uma revista a quem compra jornal, sugira um jornal a quem compra uma revista. O jornal é mais barato, logo mais fácil de "convencer". Especialmente nos dias em que vêm com 50 suplementos e revistas e guias e roteiros e sei la mais o que
O facto de muitas revistas serem mensais, e sairem no fim do mês, pode levar a esse pico de vendas. Não sei se muitas colecções também chegam ao quiosque nessa altura.
Seria importante ver se esse pico de vendas corresponde à chegada de novos produtos ao quiosque, ansiosamente aguardados durante um mês inteiro.
commented by Anonymous Anónimo, 12/18/2006 10:19 da manhã  
Bolas, que susto!
Depois da taquicardia de ontem...Afinal tudo se resume ao fim do mês, para nosso descanso!
commented by Anonymous Anónimo, 12/18/2006 7:42 da tarde  
"O Senhor Ardinário ou alguém que ande por aqui , sabe onde posso encontrar uma lista de pontos de venda de jornais?
OBRIGADO "
Não faço ideia, sorry



"O facto de muitas revistas serem mensais, e sairem no fim do mês, pode levar a esse pico de vendas. Não sei se muitas colecções também chegam ao quiosque nessa altura.
"

Também pode ser uma das explicações, sim. Vou averiguar que revistas se venderam ao certo nesse período. Quanto às colecções, o que acontece é que na maior parte das vezes os fascículos reservados se vão acumulando e os clientes acabam por levantá-los assim que o orçamento o permite.
Olá,
passo por cá para te desejar boas festas e um ano de 2007 cheio de ar dinarices.
abraço
commented by Anonymous Anónimo, 12/19/2006 3:08 da tarde  

Add a comment